deuses, por que tê-los?

Diógenes, que era todo carne. (detalhe da "Escola de Atenas", de Rafael Sanzio)

Por que perder tempo com o pensamento dos deuses? A gente não entende essas coisas, não tem muito o que entender mesmo, já que são todas umas metafísicas bestas, delírios de crianças. Por que sermos deuses? Qual a vantagem disso? Não é de nossa estirpe, não adianta, nós somos de carne, e precisamos aprender a apreciar isso.

Mas não, claro que não, isso já é pedir demais para nós mesmos, somos muito ruins em pedir coisas para nós mesmos, pois queremos ser luz, queremos ser ar, olhamos nos espelhos e sentimos nojo de nossa carne. Olhamos a pessoa sentada ao nosso lado no ônibus e, ao constatar que somos como aquele indivíduo, logo repudiamos o cheiro de suor e sofrimento que exala de todos seus poros, aquela mistura de esmegma e fuligem. Somos carne. E não gostamos.

Não sei bem porque há de ser desta maneira. Claro que não, por que haveria de saber? Não há porquê.

Não há.

Deuses, por que tê-los?

[CATO ALBERICO RIBEIRO]

Anúncios
Etiquetado , , , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: