um post jogado contra a parede

Pois é, a VACA que matou o CACHORRO porque, olha que BURRA, disse que só fez isso por causa da PREGUIÇA que tinha de cuidar dele (taí, um show de animais), está se defendendo no twitter loucamente, dizendo os maiores absurdos para justificar o que fez. É claro que jogar qualquer ser vivo contra uma parede é um ato monstruoso e injustificável e não vai adiantar nada ela falar o que acha, ninguém está ouvindo, porque não tem o que ouvir mesmo.

Mas quando é que a gente escolhe o que é certo e errado?

Quando presenciamos um ato de extrema crueldade, como foi o caso desta enfermeira louca, dificilmente nosso senso do que é certo ou errado costuma equivocar-se.

Certo?

Talvez. Não somos muito habituados a pensar e coisas como essas costumam nos pegar de surpresa. Não queremos pensar que pode existir uma pessoa como a psycho enfermeira cuidando de nossos filhos nas creches e escolas. Não queremos pensar que pessoas assim estão próximas da gente, andando entre as mesas do escritório como se fossem normais… como a gente.

Normal, como a gente.

Eu sei que não é o caso de fazer uma piada com isso, mas o twitter dela ganhou 30 mil seguidores em menos de 24 horas. Fica a dica pra quem está afim de fama na internet.

Fora isso, só fico ainda indignado com a diferença de tratamento que se dá aos casos de tortura animal por pessoas que se dizem protetoras de animais e tals. Pelo jeito, nossa consciência escolhe o que acha odioso ou não, sem nos consultar antes. Porque, repito, diariamente milhões de animais são chacinados com muita crueldade pelos matadouros da vida. E ninguém está nem aí porque parece que é uma tortura liberada, digamos assim. O que os olhos não veem…

Existem ONGs de proteção animal que marcam suas reuniões em churrascarias rodízio.

As enfermeiras vacas estão aí.

E eu estou com preguiça de argumentar.

Então jogo a discussão contra a parede e deixo estar.

Tchau.

[CATO ALBERICO RIBEIRO]

Anúncios
Etiquetado , , , , , , ,

2 pensamentos sobre “um post jogado contra a parede

  1. Otávio Pacheco disse:

    É engraçada a movimentação toda que se dá por uma mulher psicopata que andou fazendo merda e sendo filmada. O vídeo é odioso, a mulher também. É como a família Nardoni. As pessoas reagem de forma imediata e inconsciente. Também fiquei puto ao ver aquela merda.

    No fundo é uma grande anestesia para os problemas reais que temos no mundo. Existem crueldades enormes passando por debaixo de nossos olhos e nem sequer somos capazes de enxergar.

  2. catoalberico disse:

    Otávio. Você é um cara inteligente. A gente tem que sair pra trocar o verbo. Longe da maldade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: